Exposição na Paraíba: clima de festa e confraternização

Exposição de orquídeas
Um cenário de encantamento foi montado, pela APO, no Tambiá Shopping.
Dendrobium anosmum
Touceiras de Dendrobium anosmum formavam cascatas perfumadas.
Exposição de orquídeas
Pastora Carneiro, presidente da APO, e o orquidófilo Ricardo Mendonça exibem a Vanda vencedora do voto popular.

Foi um sucesso a 32ª Exposição Paraibana de Orquídeas, que se realizou no Tambiá Shopping, em João Pessoa, entre os dias 29 de setembro e 1º de outubro. O evento, que atraiu um grande público, durante os três dias, também propiciou o reencontro dos orquidófilos nordestinos em um clima de confraternização. A realização foi da Associação Paraibana de Orquidófilos, cuja presidente, Pastora Carneiro, assim como os demais membros da APO, receberam a todos com simpatia e hospitalidade.

Três membros da Associação Cearense de Orquidófilos – Vera Coelho (diretora de Eventos), Yanisley Alvarez (primeira secretária) e Michelle Canário – estiveram presentes. Elas viram a mostra, deleitaram-se com a beleza das flores, e retornaram elogiando a gentileza e a organização dos colegas paraibanos. São delas as fotos que ilustram esta postagem. Vera Coelho, conforme previa a programação da mostra, proferiu palestra sobre a “Rosa do Deserto”.

Segue-se o resultado oficial da premiação (entre parênteses, o nome do proprietário da planta):

Cattleya Estrangeira:

  • 1° lugar – Cattleya guatemalensis (Associação Orquidófila de Pernambuco)
  • 2° lugar – Cattleya lueddamanniana tipo (Ovídio Lima)
  • 3° lugar – Cattleya skinneri caerulea (Ricardo Mendonça)

Cattleya Híbrida:

  • 1° lugar – Cattleya dolosa albescens (Jonathan Azevedo)
  • 2 ° lugar – Pot. Love Call X Bl. Richard Müller (Fátima Melo)
  • 3 ° lugar – Blc. Morning Glory (Fátima Melo)

Cattleya Nacional:

  • 1 ° lugar – Cattleya schilleriana tipo (Jonathan Azevedo)
  • 2 ° lugar – Cattleya labiata roxo bispo (Ovídio Lima)
  • 3 ° lugar – Cattleya granulosa tipo (Ovídio Lima)

Espécie Estrangeira :

  • 1 ° lugar – Dendrobium smilliae (Fátima Melo)
  • 2 ° lugar – Dendrobium anosmum albo (Jeová)
  • 3 ° lugar – Dendrobium lasianthera (Ricardo Mendonça)

Espécie Nacional:

  • 1 ° lugar – Psychopsis papilio (Fátima Melo)
  • 2 ° lugar – Encyclia randii (Ricardo Mendonça)
  • 3 ° lugar – Trigonidium tenue (Fátima  Pereira)

Monopodial Híbrido:

  • 1 ° lugar – Phalaenopsis híbrida (Fátima Melo)
  • 2 ° lugar – Vanda híbrida (Cleanto Castro)
  • 3 ° lugar – Phalaenopsis semialba (Ricardo Mendonça)

Melhor Micro-orquídea:

  • Ornithophora radicans (Fátima Pereira)

Melhor Monopodial Espécie:

  • Vanda tessellata alba (Jarbas Nobre)

Melhor Orquídea Terrestre:

  • Sarcoglottis paniculata (Jarbas Nobre)

Melhor Orquídea da Exposição:

  • Phalaenopsis híbrida (Fátima Melo)

Mérito Cultural:

  • Phalaenopsis híbrida (Fátima Melo)

Escolha do Público:

Vanda híbrida azul (Cleanto Castro)

Bc. HipodamiaCattleya granulosaExposição de orquídeasDendrobium spectabilisExposição de orquídeasOrquídea híbridaPhalaenopsisOrquídea

Share on FacebookTweet about this on TwitterPin on PinterestEmail this to someone
Compartilhe nas redes sociais

1 comentário sobre “Exposição na Paraíba: clima de festa e confraternização

  1. Parabéns pela bela exposição!!! Essa cascata de Dendrobium anosmum é um show. Quero parabenizar a Pastora e todos os associados e visitantes que fizeram mais uma exposição de sucesso. Um abraço diretamente de Fortaleza.

Deixe um comentário