Aberta exposição de Rio Claro: visitantes de 70 cidades são aguardados

Repete-se o espetáculo das flores. (Foto: Prefeitura de R. Claro)
Repete-se o espetáculo das flores. (Foto: Prefeitura de R. Claro)

Foi aberta nessa sexta-feira, 24, a 72ª Exposição Nacional de Orquídeas de Rio Claro. Realizada pelo Círculo Rioclarense de Orquidófilos, o evento, que acontece no Colégio Claretiano, com entrada franca, é um dos maiores e mais tradicionais do país no segmento orquídeas. A expectativa dos organizadores, este ano, era reunir 5.000 vasos. Participam aproximadamente 300 expositores, vindos de pelo menos 70 cidades de sete estados brasileiros e Distrito Federal.

Presente à abertura, o médico Estanislau Souza Queiroz, membro da Associação Cearense de Orquidófilos (ACEO), comentou: “Cada vez que venho a Rio Claro, presencio uma exposição mais bela e uma organização cada vez mais aprimorada. É um verdadeiro show de beleza!”. Também está presente à grande festa Francisco Edmilson, membro do Conselho Fiscal e Deliberativo da ACEO.

Neste sábado, a exposição permanecerá aberta ao público das 8:00h às 22:00h e, no domingo, dia do encerramento, das 8:00h às 17:00h. Os visitantes poderão adquirir mudas de orquídeas nos estandes dos diversos orquidários comerciais que reservaram espaço na mostra. Também estarão disponíveis objetos e insumos apropriados para o plantio e cultivo. Orientações necessárias sobre as plantas poderão ser obtidas em todos os boxes.

A cidade de Rio Claro, de 200 mil habitantes, é um importante centro industrial do interior de São Paulo. Fica a 170 quilômetros da capital e a 85 quilômetros de Campinas.

Share on FacebookTweet about this on TwitterEmail this to someone
Compartilhe nas redes sociais

ACEO comemora o Dia do Orquidófilo-2016

A Associação Cearense de Orquidófilos-ACEO comemorou sábado passado o Dia do Orquidófilo, que se comemora na próxima terça-feira, 22. A efeméride foi marcada por uma reunião das mais movimentadas, que contou com a habitual palestra, além de bingo e sorteio de um grande número de orquídeas.

O Dia do Orquidófilo homenageia João Barbosa Rodrigues, que nasceu a 22 de junho de 1842, em São Gonçalo de Capivari-MG. Engenheiro, naturalista, botânico e taxonomista, Rodrigues foi diretor do Jardim Botânico do Rio de Janeiro, até sua morte, a 6 de março de 1909. Ali ele desenvolveu importantes estudos sobre as orquidáceas brasileiras.

A opção de cultivo em pequenas estacas de madeira foi apresentada por Michelle Canário.
A opção de cultivo em pequenas estacas de madeira foi apresentada por Michelle Canário.

Na reunião de sábado, o momento reservado à palestra foi confiado a Michelle Canário, que discorreu, didaticamente, sobre o plantio de orquídeas em toco do madeira, destacando a forma de como tratar esse suporte e nele fixar a planta. Em seguida, Michelle deu uma demonstração de replantio em vaso, usando, para tanto, uma grande touceira de Blc. Nobile’s Bruno Bruno.

Em seguida, o Prof. Italo Gurgel fez uma reflexão sobre o Dia do Orquidófilo, quando conclamou a se exercitar, na comunidade dos cultivadores de orquídeas, a arte da convivência, do entendimento, da generosidade e do respeito mútuo. Ao final, realizou-se bingo e sorteio de cerca de 20 plantas levadas pelo Orquidário ACEO e pelos próprios associados. Um sorteio especial brindou aqueles que participaram da recente exposição na UNIFOR.

Share on FacebookTweet about this on TwitterEmail this to someone
Compartilhe nas redes sociais

Circula nova edição do boletim “Lusorquídeas”

Lusorquideas - Vol VIIIA Associação Portuguesa de Orquidofilia-APO faz circular mais uma edição do “Lusorquídeas”, seu boletim trimestral, que chega ao Vol. VIII, nº 01. Esta edição abre espaço para temas de especial interesse, como a sul-americana Bifrenaria, espécies silvestres portuguesas apresentadas por Américo Pereira, e as Masdevallia terrestres, dentre outros.

O “Lusorquídeas” foi conhecer o engenheiro Manuel Lourenço, que conversou com o José Costa, partilhando conhecimentos adquiridos em 43 anos de cultivo de orquídeas. Também publica duas fichas, desta vez, dedicadas aos gêneros Barkeria e Bifrenaria. Inseridas no meio da publicação, essas fichas podem ser destacadas e mais tarde encadernadas separadamente. O boletim apresenta, ainda, matérias sobre os gêneros Masdevallia, Dactylorhiza, Cephalanthera e Vanilla. Na “Carta do associado”, Jaime Vieira conta sobre sua experiência no cultivo de orquídeas em Portugal e Moçambique.

Neste momento, a APO, que experimenta uma fase de grande crescimento, trabalha na organização da 2ª Exposição Internacional de Orquídeas de Lisboa, a ter lugar, nos dias 14, 15 e 16 de outubro, na Estufa Fria. Comentando a expansão das atividades, a presidente Graziela Meister revela que a Associação tem recebido um número cada vez maior de pedidos para organizar exposições, não somente em Portugal, mas também na vizinha Espanha.

Interessados em fazer contatos com a entidade portuguesa podem usar o telefone (+351 226 189 896) ou o e-mail (lusorquideas@gmail.com).

 

Share on FacebookTweet about this on TwitterEmail this to someone
Compartilhe nas redes sociais

Novo lançamento: “Orquídeas do gênero Catasetum no Brasil”

Livro - Orquídeas do gênero Catasetum - capaA livraria virtual Fina Orquídea Livros está comunicando o lançamento do livro “Orquídeas do gênero Catasetum no Brasil”, de autoria do Prof. Ricardo Tadeu de Faria, Ronan Carlos Colombo, Luciana do Valle Rego e Mara Rúbia Camolese. São 160 páginas, assim divididas:

Capítulo 1) Gênero Catasetum (classificação botânica);

Capítulo 2) Cultivo de Catasetum;

Capítulo 3) Distribuição geográfica do gênero;

Capítulo 4) Espécies de ocorrência natural no Brasil (paginas 25 a 139); informação sobre a espécie: variedade e sinônimos, etimologia, caracteres reprodutivos, particularidades e distribuição geográfica (cada espécie tem uma fotografia colorida ilustrativa);

Capítulo 5) Hibridação em Catasetum;

Capítulo 6) Principais espécies e híbridos naturais descritos para os demais países de ocorrência;

Referências bibliograficas e índice remissivo. A obra está sendo vendida a R$ 90,00.

Atenção: este site não comercializa livros, apenas anuncia os novos lançamentos. Interessados em adquirir a obra agora lançada devem entrar em contato com a Fina Orquídea, através de um dos endereços: contato@finaorquidea.com ou livros@finaorquidea.com

Share on FacebookTweet about this on TwitterEmail this to someone
Compartilhe nas redes sociais

Em Niterói, Horto do Fonseca abriga a 16ª Exposição de Orquídeas e Plantas Ornamentais

Cartaz - Oficina de cultivo - NiteroiNestes próximos dias 10, 11 e 12 de junho, acontece, em Niterói/RJ, a 16ª Exposição de Orquídeas e Plantas Ornamentais do Horto do Fonseca. Além de apreciar as orquídeas e adquirir mais alguns exemplares para sua coleção, os visitantes terão oportunidade de participar, gratuitamente, de duas oficinas de cultivo, a serem ministradas por Rodrigo Aragão e Antonio Sousa. Atenção para os horários:

  • Sábado, dia 11, às 10:00h.
  • Domingo, dia 12, às 15:00h.

Para fazer a pré-inscrição, entre em contato com: info@orquidarioimperial.com A exposição estará aberta ao público das 9:00h às 17:00h.

O Horto do Fonseca, um dos mais belos e acolhedores locais da cidade de Niterói, fica na Alameda São Boaventura, 770, no bairro do Fonseca.

Share on FacebookTweet about this on TwitterEmail this to someone
Compartilhe nas redes sociais

Semana do Meio Ambiente: Marcelo Carvalho fala sobre orquídeas do Ceará

Marcelo pesquisa em campo as orquidáceas cearenses.
Marcelo pesquisa em campo as orquidáceas cearenses.

O diretor técnico da Associação Cearense de Orquidófilos-ACEO, Marcelo Carvalho, participa, no próximo dia 9 de junho, às 14:00h, de evento promovido pela Secretaria Estadual do Meio Ambiente-SEMA, no Parque do Cocó, em Fortaleza. Ele falará sobre as orquídeas do Ceará, tema sobre o qual tem feito constantes pesquisas de campo, resultando, inclusive, em importantes descobertas. Dentro da mesma programação, também estão previstas palestras de Demitri Túlio e Hugo Fernandes Ferreira, dia 6, sobre “Fauna do Parque Estadual do Cocó”; de Leonardo Borralho, dia 7, sobre “Importância da proteção do rio Cocó”; e de Alexandre Araújo Costa, dia 8, sob o tema “Água e clima”.

Ainda no âmbito do Governo do Estado, haverá atividades realizadas pelo Conselho de Políticas e Gestão do Meio Ambiente-CONPAM e pela Superintendência Estadual do Meio Ambiente-SEMACE. O objetivo é conscientizar a população sobre a importância de nossas florestas, estimulando práticas e ações fundamentais para sua preservação. A ideia, segundo Paulo Henrique Lustosa, presidente do CONPAM, é “fazer brotar em toda a sociedade um sentimento coletivo de cuidado com nossos recursos naturais”.

Já a Prefeitura de Fortaleza, por meio da Secretaria Municipal de Urbanismo e Meio Ambiente-SEUMA, promove a Semana do Meio Ambiente-2016, que vai até 9 de junho. O tema é: “Árvores de Fortaleza – Eu também sou responsável”. Diversos órgãos governamentais, não-governamentais e representantes da iniciativa privada e sociedade civil estão reunidos, convidando a população para participar de ações de educação ambiental, plantios, limpezas, monitoramentos ambientais e passeio ciclístico.

Share on FacebookTweet about this on TwitterEmail this to someone
Compartilhe nas redes sociais

ACEO estará presente à Semana do Meio Ambiente na UNIFOR

A beleza das exposições de orquídeas estará de volta à Unifor.
De volta à Unifor, a beleza das exposições de orquídeas.

A Universidade de Fortaleza-UNIFOR comemora, mais uma vez, o Dia Mundial do Meio Ambiente, chamando a atenção, este ano, para a conscientização e a preservação ambiental. Temas como a exploração do petróleo e o desastre de Mariana serão discutidos durante as mesas-redondas. A Associação Cearense de Orquidófilos-ACEO volta a integrar-se a essa programação, participando com uma mostra de orquídeas.

A edição de 2016 da Semana do Meio Ambiente da UNIFOR, programada para acontecer entre os dias 6 e 10 de junho, incluirá, também, apresentações culturais e exposição de objetos produzidos a partir de material reciclado, além de uma passeata com as crianças da Escola de Aplicação Yolanda Queiroz. O ponto alto acontece nos dias 9 e 10 de junho, quando será realizado o II Meio Ambiente em Foco, um debate entre estudiosos de temas ambientais e interdisciplinares.

Realizadas pelo Projeto Cidadania Ativa do CCJ e pela Associação dos Professores de Direito Ambiental do Brasil, as mesas-redondas terão lugar no auditório do Bloco Z. As inscrições poderão ser feitas no local. Os participantes receberão certificado válido como atividade complementar. Todas as atividades são abertas ao público.

Confira a programação do evento no endereço: http://www.unifor.br/index.php – link: Comunicação e Marketing – Eventos.

Share on FacebookTweet about this on TwitterEmail this to someone
Compartilhe nas redes sociais