Os cursos do Dr. Darly Machado para 2008

8 de outubro de 2007

O Dr. Darly Machado, presidente da Associação Brasileira de Orquidólogos (ABO), anuncia os cursos que deverá oferecer em 2008, dentro de um projeto de difundir as boas práticas da orquidofilia. Os cursos serão ministrados na cidade de Campinas (SP), ficando as datas dependentes da formação de grupos. É necessário confirmar a participação com pelo menos cinco dias de antecedência. O valor da inscrição (R$ 600,00) inclui apostila, cópias xerográficas, orquídeas utilizadas na prática e frascos de semeaduras feitas em aula.

São os seguintes os cursos previstos:

  • Orquídeas e orquidários caseiros e comerciais
  • Jardins com orquídeas, ripados, telados, estufas
  • Cultivo orgânico da semeadura à planta adulta
  • Cuidados básicos para evitar contaminações
  • Técnicas e materiais para plantar orquídeas
  • Cultivo de orquídeas em apartamento
  • Reprodução por cortes
  • Estimulação para formar brotos novos
  • Polinização para obter semente
  • Como conservar sementes e pólem
  • Como enviar sementes para laboratórios
  • Reprodução in vitro
  • Laboratório caseiro
  • Equipamentos e materiais
  • Meios de cultura orgânico e com sais minerais
  • Preparo e esterilização
  • Reprodução por sementes
  • Reprodução por meristemas

Autor de diversas obras sobre o cultivo de orquídeas, que incluem manuais práticos de cultura, reprodução, nutrição, pragas e doenças, semeaduras e meristemas em laboratório caseiro, o Dr. Darly Machado de Campos pode ser contatado através do fax (19) 3251.6689 ou do endereço eletrônico darly.machado@ig.com.br.

O endereço dos cursos é:
Rua Comendador Querubim Uriel, 43, Cambuí
Campinas-SP
CEP: 13.024-470

{ 27 comments… read them below or add one }

1 Vera Coelho 10 janeiro, 2008 às 21:26

Sugiro a ACEO convidar o Dr. Darly para ministrar um curso de semeadura e meristema de orquídeas. Tenho certeza que virá com enorme prazer e os associados ficarão eternamente gratos.

2 Antonio Fernando 11 janeiro, 2008 às 02:17

OI, FELIZ ANO NOVO, TUDO BEM, EU COMECEI A CRIAR ORQUÍDEAS A POUCO TEMPO E NAUM SEI O NOME DE ALGUMAS SERA QUE PODERIAM ME DIZER?
OBRIGADO.

3 Vera Coelho 14 janeiro, 2008 às 22:35

Antonio Fernando,

Envie as fotos para meu e-mail: veracoelhov@gmail.com para eu tentar identificar.

Vera

4 Evelin da Cunha Cury 6 maio, 2008 às 21:18

Por favor me expliquem a diferença entre orquidófilo e orquidólogo.
Qual a data do curso do Dr Darly.
Consegui comprar (mas foi dificil achar) o livro Pragas e Doenças. Onde encontro os demais?
Obrigada Evelin 016 3610-3636 Ribeirão Preto

5 Luana de Oliveira Gonçalves 21 julho, 2008 às 11:01

Olá Dr. Darly tudo bem?
Por favor quando será a data do curso, estou interessada em fazer…
Aguardo resposta
Obrigada

6 Anna Brandao 7 maio, 2009 às 13:36

Sou iniciante. Gostaria de saber se terá outro curso com Dr. Darly. Achei super interessante e completo os assuntos em pauta.

Anna

7 marlene gomes 7 junho, 2009 às 21:39

boa noite.
presados senhores, sou iniciante em cultivo de óquideas, gostaria de ter contato, e tbm fazer o curso, se possivel por conrrespomdencia, e tbm quero comprar, as peças para monatr o labotratório caseiro. como devo fazer. grat marlene gomes.
entre ios de minas- minas gerais.
cep.3549000

8 marlene gomes 8 julho, 2009 às 02:07

presados senhores, gostaria de fazer parte da associação, aob, como devo fazer, se possivel reponda no meu e-mail. desde já agradeço- lhes. marlene gomes.

9 Carlos 17 agosto, 2009 às 08:24

Gostaria de saber se o Dr. Darly tem previsão de realizar o curso em 2009 pois tambem tenho interesse.
Outra duvida, há alguma maneira de adquirir os exemplares dos livros pois nas livrarias (internet) estão esgotados. Obrigado.

10 Rosana 17 agosto, 2009 às 11:35

Estou interessada em fazer cursos e adquirir os livros do Sr. Darly, como faço??
Rosana

11 Delcero 8 outubro, 2009 às 13:02

Boa tarde!

Gostaria de saber como posso comprar o livro “Laboratório caseiro”. Uma vez que possuo outros livros do Dr. Darly e este eu não tenho. Se existe um sonho, devolver na natureza outras plantas este é o maior de todos.

Obrigado.

Gostaria de parabenizar o Dr. Darly pela incansavel dedicação no cultivo e divulgação das orquídeas.

12 Harry 26 novembro, 2009 às 22:45

Boa tarde,

Gostaria de adquirir um livro sobre “reprodução de vegetais através do meristema” (qualquer planta, o importante é iniciar) e saber como montar um laboratório caseiro.

Obrigado.

Harry

13 Altivo Guimaraes 27 dezembro, 2009 às 23:25

Minha mae esta muito triste, morreram 200 orquideas , em 1 mes em seu orquidario, que eh a sua paixao. Fui ontem ao orquidario e vi que nas folhas aparecem umas manchas pretas e a raiz apodrece. Sou medico, nao entendo nada mas gostaria de ajuda-la. Onde posso comprar o livro Orquideas – Pragas e Doenças do Sr Darly Machado de Campos. Agradeço desde ja.

14 Augustinho Fernandes Junior 28 janeiro, 2010 às 17:15

Estive alguns domingos no P Ecologico, e minha pergunta;
- Sr. Aínda está indo aos 3ºs domingos ?
- Estou tentando tirar meristema de algumas “Vandas” , gostaria de saber se pode ser da ponta da rais? (Pois minha preocupação é ñ danificar a planta).
- Outro assunto, Tenho uma publicação muito antiga sobre oquideas brasileiras (Do tempo F se escrevia com PH); Tenho certeza q Sr. irá apreciar e gostar.

Muito grato! ! ! ! ! ! ! ! !
Augustinho F. Junior
Janeiro/2010

15 SALVADOR 4 fevereiro, 2010 às 12:34

HIBRIDOS DE CATTLEYA NOBILIOR ESTÃO SENDO TRATADOS COMO NOBILIOR , JÁ SÃO MUITAS AS PLANTAS QUE ESTÃO SENDO USADAS EM CRUZAEMNTOS RECENTES. ISSO TAMBÉM ACONTECEU E ACONTECE AINDA COM A CATTLEYA WALKERIANA E DOLOSAS QUE FORAM CRUZADAS E AINDA HOJE GERAM SUSPEITAS EM MUITS GERAÇÕES DE PALNTAS COMO OS CRUZAMENTOS DA WALKERIANA SEMI ALBA TÓKIO. AS CATTLEYAS DITAS COMO NOBILIOR MATEIRAS POR ALGUNS ORQUIDÓFIOLOS PRESIDENTES DE ASSOCIAÇÕES NO INTERIOR DO MS, COM A PARECEIRIA DE ALGUNS GRANDES ORQUIDÓFILOS AMBICIOSOS POR DINHEIRO, ESTÃO SENDO NEGOCIADAS COMO CATTLEYA NOBILIOR, MASSÃO NA VERDADE CRUZAMENTO DE PLANTAS MESQUITAE, E COM AMALIAE, SÃO ELAS AS SEMI ALBA FEIJÃO, A COERULEA ALAIR RAYA E EXISTE UMA SUSPEITA NA LOBODA COERULEA TBM, MAS NESSE CASO TEM QUE SE VERIFICAR OUTROS DETALHES NA PLANTA E FOGEM DO MEU CONHECIMENTO. O NOBILIOR SEMI LABO PONTE DE PEDRA, NÃO PASSA DEUM NOBILIOR AMESIANA DE FORA MUITO RUIM, BEM DIFERENTE DAS FOTOS DA PLANTA RECEM ABERTA QUE PARECEM UMA BELA PLANTA. AS PLANTAS CATTLEYA NOBILIOR SEMI ALBA FIEJÃO NÃO PASSA DE UMA MESQUITAE PEROLA E A NOBILIOR COERULEA ALAIR RAYA TRATA-SE DE UM CRUZAMENTO BEM SUCEDIDO DE MESQUITAE COERULEO E WALKERIANA, GOSTARIA DE DEIXAR UM APELO, QUE AS PESSOAS NÃO FIQUEM CRUZANDO ESTAS PLANTAS, POIS ESTÃO CONTRIBUINDO PARA QUE SE DANIFIQUE O MATERIAL GENÉTICO DAS NOVAS GERAÇÕES. VAMOS DESMASCARAR ESSES PICARETAS.

16 Ivone Rocha 27 março, 2010 às 11:27

Tem -se previsão do curso do Dr. DARLY p/ 2010?
achei as pautas muito interessantes e acredito que completa todos os assuntos que precisamos saber.Quando tiverem marcado por favor me avisem, quero participar. obrigada.

17 Ivanise 30 maio, 2010 às 20:25

Gostaria de saber se haverá curso em Campinas do Dr Darly em 2010.
Adoraria participar.
Obrigada

18 Augustinho F Junior 3 junho, 2010 às 22:29

Sr. Darly

Ainda estou sem resposta! ! ! ! ! ! !

Por gentileza, me de um Alo!!!!!

Grato!!

Junho/2010

19 cristian fonseca 22 junho, 2010 às 21:27

adoraria participar dos cursos mais não tenho disponibilidade para ir a são paulo, por acaso o sr, oferece esses cursos no rio de janeiro ? .

20 Priscila Bittencourt 22 fevereiro, 2011 às 11:32

olá, gostaria de saber se o Dr. Darly Machado oferece seus cursos na cidade de Porto Alegre RS, ou ele só faz em Campinas?

21 sueli romano 11 maio, 2011 às 07:30

Caro senhor Darly Machado
ontem na minha associaçaõ seu nome foi citado varias vezes pelo Diretor tecnico Mauro Rosine confesso q fiquei curiosa
pra usa seu adulbo onde compro? moro em Santo Andé abc sp
me ajudeminhas plantas ta tudo sem raiz
ele falou q seu adulbo é mto bom pra isssso
agradeço se me responderpelo e mail
grande beijo fico no aguardode sua resposta
SueliRomano

22 laercio oliveira de freitas 14 agosto, 2011 às 15:47

Eminente mestre Profª.Darly M.Campos, por cataclisma que inundou nosso “rancho” às margens da Represa Chavantes, em Fartura.SP, as folhas de nosso livreto grudaram entre si, pleiteamos a modesta doação de outro e, quantos queiram relacionados com o mundo fantástico das Orquídeas, exemplar pedido: Orquídeas – Micropropagação e Quimioterapia de meristemas. Editora Expressão e Cultura., nossa gratidão! LOF*

23 iracylde 31 agosto, 2011 às 22:53

no
periodo de 28 de setembro,ocorrera um curso de meristema

24 iracylde 31 agosto, 2011 às 22:56

no periodo de 28 de setembro, estarei em Sao Paulo.Ocorrera algum curso de meristema nesse periodo em Campinas? Se sim, qual o valor e como posso me inscrever?

25 lili kelm 16 janeiro, 2012 às 13:14

preciso fazer um curso de cultivo por meristemas

26 SALVADOR 7 fevereiro, 2012 às 16:08

OLHA AI GALERA, O QUE UM AMIGO DO ORKUT ESCREVEU, ELE QUASE FOI LEZADO, VAMOS ESTUDAR MAIS PARA PRESERVAR NOSSAS ESPÉCIES.

Prezados amigos orquiDofilos.
Faço um apelo muito importante abaixo, vale a pena dar uma lida cautelosa e antes de criticar, abra os olhos e aprenda mais sobre nobilior.
Venho conhecendo sempre mais dessa especie apesar de correria de trabalho é o que leio quando de folga, principalmente aprender diferenciar nobilior mesquita tipo de nobilior amaliae e seus cruzamentos supernovas.Já está acontecendo o que ocorreu com walkerianas no início da febre dos colecionadores e gananciosos que estragaram a genética de muitas walkerianas que ainda levantam dúvida hoje, então entendo que ocorre da mesma forma com o nobilior, mais precisamente como mistura de walkeriana doloza com walkeriana agora ocorre nobilior mesquitae com nobilior e amaliae com nobilior tipo.
Japão sabe que nobilior mesquitae cerulia “loboda” não é nobilior puro, foi trazido por colecionador que no japão perdeu credibilidade, ele é bem conhecido no meio orquidofilo e ainda engana, os leigos e os que se acham entendidos.
Agora tem uma região no mato grosso ja perto de divisa com goias, que tem cruzamento natural destes mesquitae e de nobilior que florescem juntos e que geram plantas mais parecidas com nobilior, existe até livro explicando sobre isso por aqui. Sei que alguns orquidófilos que ja possuem essas plantas não gostarão da verdade e que irão continuar trocando e comercializando cruzamentos e cortes,assim como tem gente que vende walkeriana doloza até hoje e jura que é cruzamento de walkeriana tipo e tem gente que compra e aprende ajurar da mesma forma que são puras por falta de conhecimento ou de índole, então perdoem amigos que possuem estes cruzamentos ou plantas nativas destes lugares, é claro que nunca saberão a verdade de onde vem, sempre virá de um lugar que só tem nobilior, “de região de paredão”, “nobilior que dá nas pedras” vão acreditando, gosto das crianças mas odeio quem inventa historias mentirosas, é bem por ai.., mas a nobilior mesquita brinco de ouro e a nobilior mesquitae tapurah segunda ou terceira geração hibrido natural nativa, esta também conhecida como nobilior”honda” ou nobilior”rondonopolis”, é uma magnifica planta, mas não são nobilior puro como estão jogando por ai, a saia do labelo deles sobem acima da coluna e a cor gema do labelo é diferente de nobilior puro sem contar que sei a procedência, não faz parte da genética nativa de nobilior algum, nem em cruzamento pode ocorrer tal multação. Cuidado, sobre a mesquitae brinco de ouro, coloca no google esse nome e vejam a verdade, tem sites sérios falando sobre ela ou ao menos fotos com o nome certo. Acho que exclua meu orkut, pois estou alvo de golpe, já exclui picareta, o orkut dele é…….ele tava com minhas fotos fazendo troca com outras pessoas e tentou me passar uma walkeriana que não possui, quase cai, estou muito chateado. Fui chamado analfabeto e que não sei falar da parte fisiologica de planta, não importa como seja dito parte de planta se batata se bulbo se pseudobulbo, o que importa é não comprar gato por lebre e acreditar que lebre é gato, concordo que tenho dificuldade com portugues, mas falo japones e ainda comunico em portugues, e garanto que quem me chama assim não fala outra lingua e mal sabe a lingua nativa. Sei do que estou falando destas ´plantas, tive informações de fontes confiáveis.

27 Diniz 22 novembro, 2012 às 21:57

Caros amigos, em relação a esta planta que estão dizendo ser nobilior, digo que realmente têm razão, a planta é uma segunda geração de mesquitae e o nome mais forte dela é realmente o tapurah, só quem não entende nada e porque tem muitas nobilior acredita entender alguma coisa e ou ganha alguma troca com isso ou quem repassa ela para ganhar R$4.000,00 , R$5.000,00 , e até mais valores no corte que ficam afirmando que se trata de um nobilior, mas na verdade é uma mesquitae como a brinco e mais uma leva que vem vindo por ai, estão até cruzando violáceas variedades com nobilior variedades, e sabem para quê? Para vender para voce trouxa que não aprende a diferenciar as espécies dos seus híbridos, em MT não vou falar a cidade nem o nome do camarada, até porque um japones muito sistemático e amigo meu quem me contou e também mais um amigo meu daqui do paraná me confirmou tudo isso, que realmente está ocorrendo estes híbridos que cruzados com nobilior novamente, tendem a ficar parecidíssimos com nobilior que tem um maior valor de mercado, cheguei a ver esta planta florida. Também deixo o alerta, para tomarem cuidado com esses malandros da orquidófilia que colocam fotos em facebook e sites afirmando que trata-se de nobilior. Mesquitae são mesquitae, e se algum dia foram um cruzamento natural de nobilior com walkerianas, hoje são uma espécie a parte pois já possuem características próprias e suas variedades. Parabéns aos camaradas que mataram a charada e resolveram denunciar neste blog, vamos conhecer mais nossas espécies antes que elas acabem e fiquemos sem saber como era em sua realidade, ao invés de crescermos os olhos nas conversinhas fiadas daqueles que querem nos empurrar estas plantas, vamos seguir o conselho acima citado e estudar mais nossas espécies e valorizar sua pureza.

Leave a Comment

Next post: