Associação Portuguesa de Orquidofilia apresenta nova edição de “Lusorquídeas”

Lusorquídeas

O boletim oficial da Associação Portuguesa de Orquidofilia (APO) está circulando com um rico conteúdo e, mais uma vez, excelente apresentação. Desta feita, “Lusorquídeas” traz, como matérias especiais, um texto da presidente da APO, Graziela Meister, sobre a Trichopilia; artigo de Jaime Vieira, “Reprodução das orquídeas”; entrevista com Francisco Diniz (“A paixão pelas orquídeas na Ilha Terceira”), feita por José Costa; estudo de Jorge Freixial sobre a Tillandsia ionantha; artigo de Paula Bacelar Nicolau intitulado “Conhece a flor das orquídeas?!”; e trabalho de Pedro Spínola com o título “Desafiando a norma – O gênero Dendrophylax“. Uma presença de Ultramar na revista é o texto do jornalista Italo Gurgel, da Associação Cearense de Orquidófilos, que pesquisou sobre “As orquídeas na Literatura brasileira”.

Enriquecem, ainda, este número da revista, as sessões tradicionais: “Ficha sintética de cultivo”, com informações completas sobre duas espécies brasileiras – o Catasetum macrocarpum e a Cattleya labiata; as notícias da Associação (“A APO em acção”), página que inclui, dentre outras, matéria sobre a 8ª Exposição/Venda Internacional de Orquídeas do Porto”, realizada entre 31 de março e 2 de abril; além do “Espaço do associado”.

Associação Portuguesa de OrquidófilosA APO vive um momento importante de sua história, que é comentado por Graziela Meister na “Mensagem da presidente”. Diz ela: “A APO festeja este ano o seu 10º aniversário. Foram dez anos com uma longa viagem no mundo das orquídeas, desde o início, em 2007, com um pequeno grupo de amigos que se juntaram para falar sobre a sua planta favorita – a orquídea, até 2017, em que a Associação Portuguesa de Orquidofilia, cheia de energia, começa a dar passos fora de seu território”. Refere-se a Presidente às participações da APO em exposições na Galícia (Espanha) e, mais recentemente, na Polônia.

Share on FacebookTweet about this on TwitterPin on PinterestEmail this to someone
Compartilhe nas redes sociais

Deixe um comentário